Jornal Riogastro


Publicado em 12/09/2019 às 09:00 por Prof. J.F. Penteado



MAU HALITO

Halitose é uma doença que tem, várias causas e constitui um terrível estigma social levando o portados ao afastamento do convívio pessoal, familiar e profissional.

Aparece por um desequilíbrio nas funções digestivas e em 80% dos casos a localização principal é na boca e os restantes 20% no estomago ou tubo digestivo.

Para se obter a cura que é difícil, mas não impossível, vai depender da descoberta da causa ou causas e só clinicas especializadas estão aparelhadas, preparadas e capazes de fazer o diagnóstico para depois estabelecer o tratamento e a consequente cura.

Nós temos um centro especializado em halitose e aguardamos a sua visita.

CONSIDERAÇÕES GERAIS:

Em cerca de 80% dos casos o mau hálito é de origem bucal e por que de repente isso surge?

A causa primaria é um desequilíbrio da flora bucal desencadeada por três fatores principais: higiene deficiente, saliva incompetente e baixa imunidade.

Vale lembrar que a saburra lingual nada mais é do que restos alimentares que constituem o fator ideal para ser a sede da desorganização bucal.

Por outro lado, a saliva tem um papel muito importante para manter o equilíbrio dessa microbiota bucal. A nossa saliva é composta por 3 antissépticos bucais, oxigênio e ptialina, sendo esta última que inicia o desdobramento das proteínas, (carne-galinha-peixe e ovo).

Esse desequilíbrio na quantidade e qualidade da saliva é um importante cofator que somado a deficiente higiene bucal e baixa da imunidade vão facilitar a invasão ou a multiplicação das bactérias ou fungos que vão mudar o cheiro da boca.

FATORES IMPORTANTES:

Quando conseguimos descartar a boca como fator causal único outros fatores muito raramente podem ser uma causa a distância e aí se incluem:

1 FATOR ALIMENTAR – anomalia na digestão e degradação das proteínas;

2 FATOR EMOCIONAL: gerando

  • - Mau hálito real por baixa da imunidade;
  • - Mau hálito irreal paciente pensa que tem muitas vezes incutido por outra pessoa;
  • - Ansiedade gerando boca seca com pouca saliva.

CAUSA BUCAL:

A mais frequente na nossa experiência ocorreu em cerca de 80% dos casos.

ROTEIRO DA HALITOSE

  1. Exame minucioso da boca que inclui: câmara bucal - ACUCAM com fotografia;
  2. Testes salivares de quantidade e qualidade;
  3. Halimiter – aparelho detector de enxofre;
  4. Analise da placa gengival para detecção de H Pylori gengival;
  5. Exame Nutricional afastar causa alimentar;
  6. Avaliação psicológica para afastar halitose fantasma.

Referências:

  • J.F.Penteado, experiência pessoal.