Jornal Riogastro


Publicado em 01/01/2018 às 08:00 por Prof. J.F. Penteado



O OVO O SEGUNDO MELHOR ALIMENTO DO MUNDO

CONSIDERAÇÕES INICIAIS:

Vocês sabiam que é raro qualquer universidade de medicina ensinar nutrologia? Isso dificulta  sobremodo que a maioria dos médicos conheça ou tenha noções apropriadas dos alimentos.

Essa situação é uma verdade para a maioria dos médicos. Hipocrates, pai da medicina moderna já afirmava: “DEIXE QUE O ALIMENTO SEJA SEU REMEDIO”.

Esta frase tem um grande impacto na medicina atual, porque  cada vez mais estamos descobrindo que o segredo da longevidade é a prevenção das doenças. A partir do momento que se instala a doença, não existe mais a profilaxia e sim o uso de medicamentos, com todos os efeitos colaterais e sequelas.

Logo os 3 pilares da  MEDICINA ANTIAGING (antiidade) são:
 MODULAÇÃO HORMONAL, EXERCICIOS E A NUTRIGENETICA.

Assim sendo cada vez mais estamos mostrando o papel do alimento como o combustível de todo o nosso corpo e da necessidade de caminharmos para o melhor conhecimento desse abastecedor e em vez da quantidade trocaremos pela qualidade, aonde entra o OVO nisso? Ele é considerado o segundo alimento mais completo do mundo, tudo que é necessário a vida está contido nele.

O primeiro mais completo alimento é o leite humano, o terceiro o côco.

O ovo tem passado por fases de aceitação e negação pela sua possível estimulação ao colesterol.
Mas, ate hoje nenhum estudo sério conseguiu demonstrar que ele fosse hipercolesterolêmico.
Hoje ele é considerado um bio-modulador e  participa praticamente da síntese dos hormônios sexuais do corpo

COMPOSIÇÃO DO OVO:

Ácidos graxos saturados e insaturados: 20 aminoácidos, 14 minerais, 12 vitaminas e carotenoides.

Dentre estes destacamos: vitamina B12, A, D, E, K;

Aminoácidos/Proteínas: Lecitina, Carotenoides, Luteína.

AÇÃO TERAPEUTICA:

Anti-inflamatória, capaz de diminuir o nível de Proteína C. Efeito indireto no emagrecimento por ação no hormônio GBP28, aumento do HDL, ( colesterol bom), diminui os níveis de insulina,  (prevenindo o diabetes).

UTILIZAÇÃO :

Dar sempre preferência ao ovo caipira ou orgânico, 20 vezes melhor.

Nunca comer ovo cru, possibilidade de contaminação salmonelose.

Nunca colocar o ovo na geladeira no local indicado e sim dentro do corpo da geladeira, que dificulta as rachaduras e a contaminação.

PORCENTAGEM DE ABSORÇÃO DOS AMINOACIDOS:

Leite materno  – 49%; Ovo - 48%; Carne, peixe e frango - 32%; Soja – 17%; Produtos láticos –  16%; Clara de ovo – 6%.

Está bastante seguro que se pode ingerir ate 5 ovos por dia.

Para corroborar, existem trabalhos recentes da Universidade de Harvard em estudantes de medicina que ingeriram 25 ovos por dia durante 3 meses e o colesterol em vez de subir baixou.

Vamos quebrar os tabus e aceitar as novas pesquisas.

Referências: